Milton Palma pede e prefeito atende pedido de exoneração do cargo de Secretário Municipal de Saúde

Do Cruzeiro do Sul

O prefeito Vitor Lippi (PSDB) exonerou em 2 de maio o médico Milton Ribeiro Palma do cargo de secretário de Saúde. A portaria que oficializa a saída foi publicada somente na edição de ontem do jornal Município de Sorocaba. O mesmo órgão oficial de comunicação do governo municipal confirmou Ademir Hiromu Watanabe como o substituto para ocupar a vaga. Palma estava afastado da pasta desde 20 de abril. Ele havia deixado o cargo após ser denunciado como sócio de três hospitais psiquiátricos da região de Sorocaba. Os documentos que contêm as informações referentes ao ex-secretário são da Junta Comercial do Estado de São Paulo, vinculada à Secretaria da Fazenda.

Os relatórios estão com o vereador Izidio de Brito (PT) e os seus dados têm sido analisados pela comissão formada para averiguar as condições dos hospitais psiquiátricos de Sorocaba. Milton Palma é acusado de conflito de interesses por ter vínculo com o Vale das Hortências, em Piedade; com o Hospital Psiquiátrico Santa Cruz, em Salto de Pirapora, e com a Clínica Psiquiátrica Salto de Pirapora. A saída de Palma, a pedido do próprio ex-secretário, aumenta a estatística de baixas no secretariado do governo Lippi. Desde que assumiu o primeiro mandato em 2005, o prefeito já perdeu oito secretários.

Palma não foi encontrado para comentar a exoneração, nem a Secretaria de Comunicação do Paço informou o motivo. Em nota enviada à imprensa logo depois de seu afastamento, o secretário confirmou ser sócio dos hospitais e afirmou não ter qualquer participação na administração de nenhum deles. Disse ainda que sentiu-se ofendido e atingido profissional e moralmente, e informou que tomará todas as medidas contra denúncias caluniosas, levianas e inconsequentes.

A data da publicação da exoneração de Palma coincidiu com uma reunião feita pela comissão que discute os hospitais psiquiátricos de Sorocaba. Segundo o vereador Izidio de Brito (PT), presidente do grupo, serão convidados para a próxima oitiva o atual secretário municipal de Saúde, Ademir Watanabe, e o diretor clínico do Hospital Psiquiátrico Vera Cruz, Dario Doretto. O encontro está marcado para sexta-feira, às 9h, no plenário da Câmara. “Pretendemos ouvir todas as histórias e fatos, mas definimos que, primeiro, convidaremos os já listados anteriormente”, explica Brito.

Ontem, os vereadores integrantes da comissão fizeram uma visita surpresa ao Instituto Psiquiátrico Professor André Teixeira Lima. O grupo chegou ao local às 6h55 e pôde entrar às 8h25. Eles observaram as condições de atendimento e de estrutura para uma futura análise no relatório final. Segundo o diretor do hospital, Dirceu Doreto, o Teixeira Lima atendeu cerca de 4.800 pacientes nos últimos cinco anos e registrou 45 mortes. O dado corresponde ao levantamento realizado pelo Fórum de Luta Antimanicomial, que resultou na criação da Comissão Parlamentar Especial.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: