Funcionários de manicômio denunciam morte de pacientes por causa do frio em Sorocaba-SP

Da Agência Estado

Funcionários do hospital psiquiátrico Vale das Hortênsias, na região de Sorocaba (SP), denunciaram a morte de pacientes pelo frio no interior da unidade. De acordo com a denúncia, encaminhada ontem ao Forum da Luta Antimanicomial de Sorocaba (Flamas), dos três pacientes que morreram no dia 14 de junho, dois podem ter sido vítimas de hipotermia em razão da exposição ao frio excessivo.

O terceiro paciente era o único que estava em estado grave. De acordo com a denúncia, não havia médicos no hospital nesse dia. Os atestados de óbito informam como causas das mortes insuficiência respiratória e edema pulmonar.

Imagens gravadas no interior do hospital mostram pacientes descalços, sem camisa ou completamente nus. Um idoso nu aparece numa imagem se encolhendo de frio. Os funcionários disseram que os médicos não passam em três alas reservadas para pacientes com casos mais críticos de demência. O hospital é privado, mas tem 475 leitos para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

O Vale das Hortênsias é um dos sete hospitais da região sob investigação do Ministério Público e da Secretaria Nacional de Direitos Humanos pelo número excessivo de mortes. De acordo com levantamento do Flamas, 459 pacientes morreram em quatro anos nessas unidades. No Vale das Hortênsias, segundo a entidade, dos 77 óbitos registrados entre 2006 e 2009, pelo menos 35 tinham a pneumonia como a única ou uma das causas.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que vai fazer uma vistoria técnica no hospital. A direção do Vale das Hortênsias informou que as três mortes no mesmo dia foram coincidência e que o número geral de óbitos está dentro do aceitável. Segundo o hospital, todos os pacientes são devidamente agasalhados, mas aqueles em estado mais crítico costumam tirar as roupas. A reposição é imediata, segundo o hospital, que negou a falta de médicos.De acordo com a denúncia, encaminhada ontem ao Forum da Luta Antimanicomial de Sorocaba (Flamas), dos três pacientes que morreram no dia 14 de junho, dois podem ter sido vítimas de hipotermia em razão da exposição ao frio excessivo.

O terceiro paciente era o único que estava em estado grave. De acordo com a denúncia, não havia médicos no hospital nesse dia. Os atestados de óbito informam como causas das mortes insuficiência respiratória e edema pulmonar.

Imagens gravadas no interior do hospital mostram pacientes descalços, sem camisa ou completamente nus. Um idoso nu aparece numa imagem se encolhendo de frio. Os funcionários disseram que os médicos não passam em três alas reservadas para pacientes com casos mais críticos de demência. O hospital é privado, mas tem 475 leitos para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

O Vale das Hortênsias é um dos sete hospitais da região sob investigação do Ministério Público e da Secretaria Nacional de Direitos Humanos pelo número excessivo de mortes. De acordo com levantamento do Flamas, 459 pacientes morreram em quatro anos nessas unidades. No Vale das Hortênsias, segundo a entidade, dos 77 óbitos registrados entre 2006 e 2009, pelo menos 35 tinham a pneumonia como a única ou uma das causas.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que vai fazer uma vistoria técnica no hospital. A direção do Vale das Hortênsias informou que as três mortes no mesmo dia foram coincidência e que o número geral de óbitos está dentro do aceitável. Segundo o hospital, todos os pacientes são devidamente agasalhados, mas aqueles em estado mais crítico costumam tirar as roupas. A reposição é imediata, segundo o hospital, que negou a falta de médicos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: